Você conhece as principais vacinas para gatos? Confira agora! - docg.

Você conhece as principais vacinas para gatos? Confira agora!

Quem ama seu pet e quer proporcionar a ele todos os cuidados, não pode esquecer-se das vacinas para gatos. Essa é uma das formas que você tem de proteger seu felino contra algumas doenças muito sérias, que podem levá-lo à morte.

Os gatos devem ser imunizados quando ainda são filhotes e antes de terem contato com outros de qualquer idade. Precisam estar previamente vermifugados, além de sem febre e diarreia, para que não ocorra falha vacinal — situação em que o organismo do pet não responde à vacinação.

Para isso, você deve levar seu bichano ao veterinário que lhe dará todas as informações sobre as vacinas. Você receberá uma carteira de vacinação — em que são registradas todas as vacinas e o período em que devem ser reforçadas.

Continue a leitura para conferir as principais vacinas para gatos!

Quais são as principais doenças imunizadas?

As vacinas para gatos protegem contra várias doenças graves. As principais enfermidades são:

  • panleucopenia — muito contagiosa, provoca alterações no sistema imunológico do bichano, podendo causar a morte;
  • calicivirose — assemelha-se à gripe e pode virar uma pneumonia;
  • rinotraqueíte — responsável por várias doenças respiratórias em gatos;
  • clamidiose — uma espécie de gripe acompanhada de conjuntivite;
  • leucemia felina (FeLV) — causada pelo vírus FeLV (Feline leukemia virus), enfraquece o sistema imunológico, deixando os felinos vulneráveis a doenças infecciosas, à desnutrição, a lesões na pele e à cicatrização lenta de feridas;
  • raiva — uma zoonose, também transmissível para o homem, muito perigosa e capaz de levar o animal à morte.

Quais são as principais vacinas para gatos?

As vacinas que têm a função de manter seu pet bem longe das doenças mais perigosas são a polivalente e a vacina antirrábica. No entanto, a polivalente pode ser encontrada nas versões V3, V4 e V5. A diferença entre elas consiste no número de antígenos que cada uma contém.

A V3 (vacina tríplice) imuniza os gatos contra panleucopenia, calicivirose e rinotraqueíte, enquanto a V4 (quádrupla), além de proteger os gatos dos antígenos contidos na V3, inclui a clamidiose. Por fim, a V5 (quíntupla), que além de todas as doenças citadas, inclui a Felv.

Confira, a seguir, como seguir os intervalos entre as doses para imunizar seu gatinho.

  • 60 dias de vida: 1ª dose da polivalente V3, V4 ou V5.
  • 90 dias de vida: 2ª dose da polivalente V3, V4 ou V5.
  • 120 dias de vida: 3ª dose da polivalente V3, V4 ou V5 e a vacina antirrábica.

Cada uma dessas doses deve ser administrada com um intervalo de 30 dias. Mas vale lembrar-se de que a primeira dose só pode ser dada ao gatinho após 60 dias de vida.

É importante que seu gato passe por uma consulta com o veterinário, que dará todas as informações.

Qual a frequência da vacinação em gatos?

Confira o período de vacinação em gatos que deve ser respeitado.

Vacinação de filhotes felinos

Apesar de, quando filhotes, necessitarem de maior proteção, pois seu sistema imunológico não está totalmente fortalecido, os gatos só devem começar a ser imunizados aos 60 dias de vida. A explicação é que os anticorpos maternos podem interferir na eficácia das vacinas. Depois, são mais duas doses com intervalo de 30 dias.

Outro cuidado que precisa atenção, para qualquer vacina que seu gato se submeta em qualquer fase da vida, é de se certificar de que seu bichano esteja saudável e vermifugado, sem sintomas de febre e diarreia.

Por fim, não permita que o gato  filhote, que ainda não foi imunizado, tenha contato com outros animais adultos e expostos à rua, pois seu sistema imunológico não está protegido.

Vacinação de gatos adultos

Como os felinos adultos já têm seu sistema imunológico amadurecido, eles devem ser vacinados com uma dose da polivalente e antirrábica. Posteriormente, a vacinação deve ser reforçada a cada ano.

Os pets adultos também devem estar com a saúde em dia e devidamente vermifugados para que possam receber a vacinação.

Como você conferiu neste artigo, seguindo nossas dicas de vacinas para gatos, seu bichano ficará protegido contra muitas doenças.

Gostou do post? Se tiver algo a acrescentar, deixe seu comentário. Teremos o maior prazer em saber sua opinião e suas ideias sobre o assunto!

Fique por dentro das novidades