Visão dos cachorros e visão gatos: entenda de uma vez como eles enxergam - docg.

Visão dos cachorros e visão gatos: entenda de uma vez como eles enxergam

Existem alguns mitos acerca da visão dos cachorros e da visão dos gatos. Quem nunca ouviu falar que os cães enxergam em preto e branco, enquanto os felinos têm uma visão noturna digna de causar inveja a qualquer humano?

Você já parou para se perguntar se alguma dessas questões é verdadeira? Sabe como os pets realmente enxergam o mundo? E quando o assunto é a higiene ocular, está por dentro das principais medidas para manter os olhinhos dos animais saudáveis?

Descubra a resposta para essas e outras perguntas neste artigo. Continue a leitura e saiba mais!

As diferenças entre a visão do cachorro, do gato e dos humanos

A visão dos cachorros e a visão dos gatos contam com algumas diferenças, e o mesmo acontece em relação à forma que os humanos enxergam o mundo. Por exemplo, a visão de um gato costuma ser bem mais apurada que a de um cachorro. Por esse motivo, as habilidades de caça de um cão estão atreladas à sua capacidade de audição e olfato.

Nós, na condição de seres humanos, enxergamos uma ampla escala de cores. Sob a luz do dia, as imagens são altamente nítidas e definidas. Nesse aspecto, cães e gatos apresentam uma diferença significativa: enxergam como humanos míopes — em baixa definição. Além disso, não percebem o verde e as cores são vistas como se estivessem desbotadas.

O mito da visão em preto e branco vem da capacidade elevada de enxergar no escuro — tanto cães como gatos conseguem diferenciar centenas de tonalidades de cinza que, para nós, humanos, parece ser apenas um tom.

A visão dos cachorros

Já adiantamos que um cão não enxerga em preto e branco, mas existem algumas limitações referente às cores. Por exemplo, eles não são capazes de diferenciar o verde do vermelho.

Talvez o aspecto mais curioso sobre a visão dos cachorros seja a capacidade de enxergar de costas. Embora a amplitude visual possa variar conforme a raça, o campo de visão desses animais ainda é muito maior que o dos humanos. Sendo assim, eles conseguem perceber e até mesmo ver o que está atrás deles. Não é demais?

Outra curiosidade está relacionada à capacidade de enxergar à distância. Embora sejam míopes — conseguem ver com detalhes um objeto a no máximo 6 metros — eles são capazes de detectar objetos em movimento com uma distância de até 600 metros.

A visão dos gatos

A visão dos gatos é inferior ao dos seres humanos quando o assunto é a percepção de cores, mas muito superior quando se trata de visão noturna. Um gato enxerga melhor que um homem no escuro, de 6 a 8 vezes, devido a um componente da retina que facilita a recepção da luz em ambientes com pouca iluminação.

No entanto, apesar de ter esse limite na hora de enxergar as cores, os bichanos têm um amplo campo de visão. Sabe os efeitos panorâmicos presentes nas câmeras de alguns modelos de smartphones? Podem ser facilmente comparados à forma que um gato enxerga.

Os cuidados indispensáveis com a saúde ocular dos pets

Para que você não cometa nenhum deslize com a saúde ocular dos pets e conserve a qualidade da visão dos cachorros e da visão dos gatos por mais tempo, separamos algumas dicas valiosas. Confira!

Limpe os olhos do pet com soro fisiológico

Utilizar o soro fisiológico de duas a três vezes por semana pode evitar que o pet desenvolva problemas oftalmológicos no futuro. Caso o bichinho seja muito peludo, um pente antipulgas pode ser utilizado para pentear a região e ajudar a eliminar a sujeira acumulada ao redor dos olhos.

Inclua suplementos na alimentação

Animais com pelagem mais clara podem apresentar manchas ao redor dos olhos, acompanhada de uma secreção de coloração marrom. Isso não significa que o bicho está doente. No entanto, um veterinário pode passar uma suplementação que ajude a evitar tais secreções.

Evite situações de risco

Além de limpeza e da suplementação receitada pelo veterinário, algumas situações devem ser evitadas para garantir a saúde ocular dos bichinhos:

  • ao transportar os pets no carro, evite que coloquem a cabeça para fora da janela. O vento seca as secreções do olho, podendo facilitar alguma lesão;
  • evite shampoos voltados para seres humanos. Caso não seja possível usar um material indicado para a espécie, a melhor alternativa é o uso de produtos voltados para bebês;
  • o secador nunca deve ser direcionado para a região dos olhos;
  • os olhos de animais de pelo longo devem ser protegidos dos fios que eventualmente podem cair sobre eles;
  • jamais aplique qualquer tipo de medicação sem recomendação expressa do médico veterinário.

Saiba identificar possíveis problemas

Os pets podem apresentar problemas visíveis ou não. Saber identificá-los é fundamental para procurar o veterinário antes da situação se transformar em algo mais sério. Veja alguns sinais:

  • olhos vermelhos ou esbranquiçados;
  • o animal fecha os olhos ou pisca mais que o normal;
  • manchas nos olhos e sensibilidade à luz;
  • excesso de lágrimas ou secreções;
  • manchas de sangue;
  • o animal bate em objetos e móveis da casa;
  • o pet anda encostando nas paredes;
  • alterações comportamentais, como irritabilidade.

Tenha cuidado redobrado no verão

Muita gente dorme com seus animais em quartos com ar-condicionado ou fazem questão de levá-los à praia no final do ano. Essas situações exigem cuidado redobrado.

Ambientes climatizados e a areia da praia podem aumentar o ressecamento dos olhos e causar lesões. Nessa época, lavar os olhos com soro fisiológico deve ser ainda mais frequente, além de observar o pet constantemente.

Essas foram as nossas dicas para cuidar da visão dos cachorros e da visão dos gatos. Ter um cuidado especial com os olhinhos dos pets é fundamental para promover qualidade de vida, especialmente na velhice. Os animais são propensos a terem problemas a partir dos 6 anos de idade, e levá-los ao veterinário regularmente é fundamental para prevenir complicações.

Certamente você conhece muitas pessoas apaixonadas pelos seus bichinhos de estimação. Então aproveite para compartilhar este artigo nas suas redes sociais e contribua para que todos tenham pets mais saudáveis por perto.

Fique por dentro das novidades