Saiba como escolher a melhor ração para seu cachorro - docg.

Saiba como escolher a melhor ração para seu cachorro

Hoje em dia existem diversos tipos de ração no mercado, e isso pode deixar muitas pessoas confusas na hora de escolher a melhor ração para cachorro.

Fazer a escolha certa, ou seja, adquirir uma ração de qualidade e que supra as necessidades do seu cão, com todos os nutrientes que ele precisa, é fundamental para garantir a saúde do seu pet.

Se o veterinário não recomendou uma determinada marca ou tipo, é preciso se informar a respeito. Então, veja neste post o que você deve levar em consideração na hora de escolher ração ideal para o seu melhor amigo!

Escolha uma ração adequada para a idade do seu cão

Cada etapa de vida do seu bichinho de estimação requer uma alimentação adequada, que auxilie o seu desenvolvimento da forma mais saudável possível. Por isso, o primeiro passo para eleger a melhor ração canina é atentar para a idade do seu bichinho e os tipos de rações indicadas para cada fase da vida.

Os filhotes (de um a 12 meses) precisam de atenção especial. Nessa fase, para que o seu cachorrinho cresça forte e saudável, deve-se apostar em uma alta porcentagem de proteína, de modo que ele esteja sempre bem alimentado. Então, procure as rações que nas embalagens sejam apontadas como específicas para os filhotes.

O cachorro adulto, ou seja, acima de um ano até os sete anos de idade (normalmente), precisa de rações equilibradas e com variedade alta de nutrientes. É interessante que você invista em diferentes sabores, além dos tipos com boa quantidade de proteína.

O cão mais velho (ou sênior), acima dos sete anos, tem a sua alimentação modificada. Agora ele precisa comer menos proteína e sódio, além de necessitar de alimentos de fácil mastigação. É interessante também que a ração fortaleça as suas articulações.

Saiba se o seu cachorro tem necessidades especiais

Essa informação pode ser obtida após uma consulta ao seu veterinário. Só ele pode determinar se existe alguma característica específica que determine a melhor alimentação para o pet. Por exemplo: a ração pode ser medicamentosa, de acordo com eventuais problemas cardíacos ou renais do seu cãozinho.

Ele também pode precisar de uma dieta balanceada, a fim de evitar a obesidade. Ou ainda, pode ser que ele apenas possa consumir rações hipoalergênicas. É importante conhecer as opções de rações para necessidades especiais existentes no mercado.

Existem rações light para o controle da obesidade, rações voltadas para cães castrados (de acordo com as condições hormonais), rações que reduzem o odor e o volume das fezes, rações que promovem mais saúde para a pele e pelagem dos cães e até mesmo opções para aqueles amiguinhos que têm paladares mais exigentes.

Verifique o porte do seu cachorro

Outra característica a ser observada na hora de escolher uma ração ideal para o seu cachorro é o porte. Veja se ele se encaixa em pequeno, médio ou grande, para que nenhum componente nutritivo falte em sua alimentação.

Os cachorros de porte pequeno (entre 1 e 10 kg) são muito enérgicos, se locomovem rapidamente e também têm o desenvolvimento rápido. Por essas razões, a alimentação desses cãezinhos deve ser balanceada, com boas doses energéticas e antioxidantes que dão suporte à expectativa de vida mais alta desses cachorros.

Nessa categoria podemos citar algumas raças, como: Yorkshire, Maltês, Pug, Lhasa Apso, entre outros.

Os cães de porte médio (de 11 até 25 kg) são ativos, velozes e, por vezes, caçadores. Podem ser considerados cachorros mais resistentes. Poucas marcas produzem rações específicas para esse porte, mas é importante escolher dentre aquelas que priorizam os nutrientes que dão mais suporte às defesas do seu animal, com probióticos e antioxidantes em sua composição.

Dessa forma, os cães de porte médio podem se manter saudáveis por toda a vida. Podemos citar, por exemplo, as raças seguintes raças: Bulldog, Bull Terrier, Poodle, Chow Chow, Border Collie e Cocker Spaniel.

Os cachorros de porte grande são os que se encontram acima dos 25 kg. Esses cães costumam ter o desenvolvimento acelerado e as suas características especiais demandam cuidados específicos. Os cães de grande porte tendem a apresentar mais problemas no coração, problemas ortopédicos e menor expectativa de vida.

Os fabricantes de ração acrescentam “ingredientes especiais” nas rações indicadas para cães desse porte, como a condroitina e a glicosamina, que podem prevenir dores musculares. Outra solução é inserir ingredientes considerados nobres, como ovos, frango e polpa de beterraba branca.

São cães de grande porte os da raça Pastor Alemão, São Bernardo, Labrador, Golden e Pitbull.

Observe as especificidades da raça

Adquirir rações de acordo com a raça do seu cachorro não é uma preocupação sem fundamento. Alguns desavisados podem até achar exagero, mas isso não é verdade. Por isso, é muito importante cuidar da alimentação do bichinho como uma forma de prevenir doenças.

Por exemplo, o cão da raça Labrador tem a tendência a desenvolver problemas ósseos e também insuficiência renal. Já o Poodle, muitas vezes, desenvolve catarata. O Shih-tzu costuma ter pedra nos rins, dor de ouvido e úlcera de córnea. Todos esses problemas requerem cuidados preventivos específicos e que podem evitar enfermidades a partir da alimentação.

Ao alimentar o pet com a ração específica para sua raça, ele poderá absorver os nutrientes ideais para o seu crescimento saudável, prevenindo ainda aqueles problemas.

Conheça os três tipos de ração

No mercado, é possível encontrar três tipos de rações que podem ser bem diferenciadas em seus grupos, além das rações ditas como “populares”. São elas a Standard (ou padrão), a Premium e a Super Premium.

As rações chamadas Super Premium trazem nutrientes de alta qualidade, com proteína extraída de partes nobres, mais facilmente absorvidas pelo organismo. Alguns aditivos também podem fazer parte da composição do alimento, o que não acontece na ração Standard, por exemplo. Além disso, a Premium e a Super Premium podem não trazer conservantes artificiais, o que deixa a comida com menos química.

Lembre-se que, se você optar por comprar uma ração de baixa qualidade, seu melhor amigo será privado de nutrientes que farão muita falta para ele, comprometendo assim seu crescimento e saúde.

Por isso, é muito importante saber o que levar em consideração na hora de escolher a melhor ração para cachorro. Essa será uma das maneiras de retribuir todo o amor que o seu pet dedica a você.

Gostou dessas dicas? Ainda precisa esclarecer alguma dúvida? Deixe aqui o seu comentário!

Fique por dentro das novidades