Os cinco sentidos nos auxiliam para identificar o mundo a nossa volta, de diferentes jeitos, olfato, audição, visão, tato e paladar. Com os pets é a mesma coisa, porém eles também tem suas particularidades, e se tratando do olfato, ele é o sentido mais importante para os cães. É através dele que os cães conseguem se guiar para receber informações, e identificar o mundo ao seu redor. Nesse artigo iremos desvendar algumas curiosidades sobre o focinho dos cães, e por que é importante cuidar desse órgão tão essencial para os doguinhos.

 

Receptor de Informações

 

O olfato dos cães é diferente dos humanos, isso é fato, pois não é apenas um órgão para sentir os aromas do mundo, os cães têm receptores na narinas que servem para identificar tudo em um determinado local. Assim como nós podemos nos orientar através do que temos no nosso campo de visão, para os cachorros o olfato serve como um receptor de informações. Através do focinho, eles podem saber identificar seus donos, seu cão não sabe que você é o tutor dele por ver como você, mas pelo cheiro, é assim que ele sabe identificar cada pessoa, e não é um cheiro fruto de perfumes e colônias, o cheiro que os cães sentem vai muito além de aromas superficiais que saem com o tempo. 

 

Saber o que aconteceu

 

Os cães cheiram tudo ao seu redor, para assim poder entender onde estão, que lugar é esse, e até fazer uma viagem no tempo, pois eles possuem 40 vezes mais receptores olfativos do que os humanos, e por isso muitas raças como Pastor Alemão, Basset Hound, Labrador, Golden Retriever, Beagle, e até o São Bernardo, são comuns no trabalho da polícia ou bombeiros, eles podem vir a ser úteis para trabalhos como identificar drogas em aeroportos, bombas, e até encontrar pessoas desaparecidas quando ocorrem acidentes. Os cheiros específicos dos lugares, objetos e até das pessoas podem ficar em um local por muito tempo, e os cães identificam isso. Pode se passar uma semana que um cão pode saber quando uma pessoa derrubou sorvete na calçada do parque.

Por razões como essa que cães não se sentem incomodados com cheiros ruins de uma lixeira, ou alguma comida estragada na geladeira, para eles é apenas informação, e não algo que cause náusea ou incomode. Porém quando se trata de aromas perfumados, ou fortes como produtos de limpeza, é uma outra história.

 

Cheiros fortes

 

Se tratando do que de fato pode incomodar os cães, perfumes usados pelos humanos, desinfetantes comuns, produtos de limpeza do dia a dia, são próprios para terem aromas que agradam a nós humanos, mas os nossos amigos peludos ficam irritados com certos perfumes, pois atrapalham o seu olfato quando tentam identificar as pessoas e os objetos, interfere na sua habilidade de saber o que é cada coisa. Por isso é importante que quando for realizar a limpeza de casa, ou dos objetos utilizados pelos seu cachorro, utilizar produtos que não tenham cheiros muito fortes, aromas mais neutros, e quando for realizar a limpeza de um cômodo em casa, afastar o cachorro, para que não atrapalhe, e não seja afetado pelos perfumes dos produtos.

 

Cuidados com o focinho

 

Por ser um órgão tão importante para os cachorros, é preciso sempre cuidar do focinho do seu companheiro de quatro patas, pois é com ele que seu pet sabe reconhecer o mundo, sempre manter limpo e hidratado, ter cuidados quando for levar seu pet para a praia ou passear em um dia de Sol, para principalmente não ressecar o focinho, ele precisar estar sempre úmido na quantidade certa, para manter até a temperatura ideal nesta área, e não afetar seus sentidos, ou causar resfriados e outras doenças pela falta de cuidados com o focinho.

A docg. possui vários produtos que prezam pelo cuidado do focinho, Manteiga Hidratante de FocinhosProtetor Solar para proteger essa área.

Tudo para manter a saúde do narizinho do seu pet. 

Esperamos que essas dicas e curiosidades tenham ajudado a saber um pouco mais sobre os cuidados com uma parte importante da saúde canina.