Entenda o que faz um revendedor autônomo e as vantagens - docg.
entenda o que faz um revendedor autônomo e as vantagens

Entenda o que faz um revendedor autônomo e as vantagens

Muitas pessoas visam conseguir melhorar sua carreira profissional investindo em novas áreas de atuação. Seja como uma forma de ter uma renda extra, trabalhar com o que ama ou algo que seja mais rentável do que seu atual, o importante é ter em mente que há diversas opções vantajosas no mercado.

E, para isso, é essencial ter conhecimento sobre as possibilidades, para que possa fazer uma escolha consciente e garantir uma mudança bem-sucedida em sua área profissional.

Uma opção para quem deseja mudar de vida e conquistar sucesso é trabalhar como revendedor autônomo. Continue lendo este conteúdo e saiba mais sobre essa função, suas principais vantagens e quais são as melhores dicas para quem quer entrar nessa área.

O que é um revendedor autônomo?

Um revendedor autônomo é um profissional que, como o próprio nome diz, é o seu próprio chefe. Normalmente trabalham em casa com a venda de produtos de determinada empresa ou franquia para os consumidores finais.

Porém, não possuem vínculo efetivo para esses negócios: atuam de forma autônoma, como freelancers. Assim, possuem liberdade de fazerem seus próprios horários, gerindo seu próprio tempo de trabalho. Da mesma forma, a rentabilidade é de acordo com o ritmo de vendas da pessoa, não havendo um salário base a ser pago.

Quais as vantagens de se tornar um revendedor autônomo?

A escolha por trabalhar autônomo tem se tornado cada vez mais comum nos últimos anos. Em 2017 as pessoas que trabalham nessa modalidade superaram, pela primeira vez, o número de pessoas que atuam em empregos formais, segundo dados do IBGE. Isso ocorre, principalmente, pelas vantagens que essa modalidade de trabalho em casa oferece.  Conheça as principais delas.

Flexibilidade de horários

Uma das grandes vantagens de trabalhar como revendedor autônomo é a flexibilidade de horários. Como você não precisa registrar horário de entrada e saída em um escritório, bem como não está em um emprego formal, quem faz sua rotina de horário é você.

Assim, conseguirá incluir atividades em seu dia a dia em horários que são impossíveis para quem trabalha em horário comercial. Por exemplo, cursos de idiomas, atividades físicas, cursos profissionalizantes, entre outros.

Também fica mais fácil adequar a sua rotina para realização de compromissos diversos, como agendamento de consultas médicas, pagamento de contas em banco, entre outras situações que são dificultadas quando se está nessa condição.

Além disso, você pode também ajustar sua rotina para situações de lazer e cuidados consigo mesmo. Caso queira fazer uma viagem, por exemplo, é possível, basta adequar o seu planejamento financeiro e não há qualquer necessidade de justificar os dias fora para um superior.

Autonomia profissional

Outro ponto bastante atrativo do trabalho de revendedor autônomo é a possibilidade da autonomia profissional. Você é seu próprio chefe, ou seja, você é o único responsável por cobrar produtividade e resultados de si mesmo.

Isso acarreta na diminuição do estresse e uma maior autossatisfação gerada pelo senso de maior responsabilidade e independência. Ou seja, tende a ter uma qualidade de vida melhor só por esses fatores.

Acrescentemos ainda o benefício de ser aquele que define as suas próprias metas. Se deseja fazer uma renda extra para viagem e, com isso, trabalhar mais, a decisão é sua. Da mesma forma que, caso queira diminuir o ritmo e arcar com uma rotina mais leve, porém, com menor poder aquisitivo, também é possível.

Está doente e quer estender o prazo de recuperação, para ficar 100%? Pode também. Você determina seu ritmo de trabalho, seus objetivos e suas metas, sem cobranças externas.

Maior rentabilidade

Quando se está em um trabalho formal, você tem um salário fixo e, em alguns casos, um acréscimo de comissão por venda. Porém, nesse último caso, as variáveis são muito baixas, de forma que para conseguir, de fato, um aumento significativo no salário, é preciso conseguir um índice que, muitas vezes, beira o impossível.

Ao ser autônomo, a rentabilidade está em suas mãos. Você pode potencializar suas vendas, trabalhar a mais e, com isso, conseguir um valor a mais no final do mês, algo improvável e, em alguns casos, impossível apenas com o emprego atual.

Você pode se tornar um revendedor autônomo e manter a sua função atual, utilizando essa nova atividade como uma renda extra.

dicas de renda extra

Quais são as melhores dicas para entrar nessa área?

Gostou dos benefícios e quer começar a atuar como revendedor autônomo, mas não sabe por onde começar? É importante ter em mente algumas dicas importantes que ajudarão você a evitar problemas que podem comprometer seriamente a sua rotina. Confira as principais delas.

Faça um bom planejamento

A fase de adaptação entre a saída de uma carreira formal para um trabalho autônomo pode ser bastante delicada, principalmente no que concerne à gestão financeira. Isto porque há uma estabilidade característica das rotinas formais que não ocorre no trabalho autônomo.

Por isso, é importante realizar um bom planejamento, principalmente se você pensar em mudar de carreira completamente. Assim, caso tenha problemas neste primeiro momento, poderá contar com um fundo de emergência, por exemplo, sem complicar a sua rotina.

Outro ponto fundamental a ser planejado é a separação entre a vida pessoal e profissional, com um gerenciamento de tempo eficiente.

Invista na carreira

Outra dica essencial é o investimento na carreira. Como seu rendimento mensal depende exclusivamente do seu esforço, é importante que você corra atrás de formas de se destacar. E isso só é possível ao se dedicar a se tornar um melhor profissional.

Algumas possibilidades são:

  • invista em marketing digital e divulgação, para ampliar sua audiência;
  • faça visitas a potenciais clientes;
  • estabeleça uma rotina de contato com essas pessoas;
  • realize autoavaliações constantes, de forma a acompanhar se está tendo aumento real nas vendas ou não;
  • estabeleça metas e objetivos a curto e longo prazo e determine estratégias para alcançá-las.

Se especialize

Outro ponto importante é se tornar um profissional melhor por meio de especializações. Há diversas formas de conseguir esse objetivo, tais como:

  • cursos e formações para técnicas de venda e persuasão;
  • formações de marketing e técnicas de divulgação;
  • acompanhar blogs e canais sobre vendas, consultoria e trabalho autônomo;
  • acompanhar constantemente as informações sobre o produto que está comercializado.

Tenha equilíbrio nas finanças

Um ponto essencial para quem trabalha como autônomo é manter o equilíbrio com as finanças. Isto porque, como os rendimentos são variáveis, é essencial ter controle e maturidade, para não se endividar. Veja algumas dicas:

  • nunca comprometa todo o valor médio que tende a conseguir por mês. Você pode ter uma diminuição nas vendas e não conseguir arcar com as suas dívidas;
  • sempre guarde o valor que sobrar em um “fundo de emergência”;
  • faça acompanhamento das suas vendas e conheça os padrões  mensais do seu trabalho;
  • tenha um bom controle orçamentário, por meio de planilhas de acompanhamento e uso de aplicativos específicos.

Trabalhar como revendedor autônomo pode ser bastante vantajoso, principalmente para você que anseia ter mais liberdade e flexibilidade nas suas rotinas diárias.

Então, que tal investir nessa área? Uma opção é a revenda de produtos para pets, um dos mercados mais rentáveis atualmente. Entre em contato conosco e saiba mais sobre esse assunto.

Quer conhecer uma oportunidade de revenda de produtos para pets? Trabalhe com o que ama, seja um revendedor autônomo.

Fique por dentro das novidades