Os prós e contras do empreendedorismo no Brasil

Mesmo em um cenário de crise econômica, o empreendedorismo no Brasil tem apresentado bons índices de crescimento. De acordo com um estudo realizado em 2016 pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor) e subsidiado por órgãos como o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade e o Sebrae, 36% da população é dona de um negócio próprio ou teve alguma ação para isso. Esse é o maior percentual já visto no Brasil, portanto, trata-se de um ótimo momento para iniciar uma jornada empreendedora!

Apesar desse contexto favorável, ainda fica a pergunta no ar: vale realmente a pena abrir uma empresa em terras tupiniquins? Acompanhe nosso post e descubra!

Boas ideias para empreender

De fato, alguns modelos de negócio têm dado muito certo por aqui. Em 2018, por exemplo, podemos destacar setores como o da alimentação alternativa, afinal problemas como a intolerância ao glúten e à lactose estão descortinando um mundo de oportunidades nesse segmento. Também é importante falar de negócios mais modernos, alinhados com a economia compartilhada, como os coworkings. O conceito de dividir cada vez mais forte, o aumento do desemprego e as possibilidades de trabalho em casa explicam a possibilidade de sucesso desse negócio.

É óbvio que o cenário é pulsante e ainda poderíamos falar, por exemplo, de desenvolvimento de aplicativos, microcervejarias, infoprodutos, pets, produtos orgânicos, cosméticos, consertos e reformas, e até mesmo de setores mais tradicionais, como o modelo de franquias. Este último, por se tratar de empresas com um modelo de negócio muitas vezes enxutos e com eficiência comprovada, destacam-se como ótimas alternativas para os empreendedores iniciantes.

Com a franquia, o empresário irá praticar vendas diretas, o que pode servir de teste para quem acredita ter perfil empreendedor. Para acertar na escolha, é imprescindível estar alinhado às suas habilidades, necessidades e desejos e, somente a partir daí, se planejar para colocar a mão na massa.

Prós e contras de empreender

Uma vez que a empresa já é uma realidade, é imprescindível falarmos dos prós e contras de abrir um negócio próprio por aqui. Confira! 

Pontos positivos:

  • liberdade de trabalhar com o que se gosta;
  • grande possibilidade de conquistar objetivos e realizar sonhos;
  • mais autonomia para tomar decisões, inclusive com relação à vida pessoal;
  • permite a efetiva geração de empregos e renda; 
  • ótima oportunidade de aprender com os erros.

Pontos negativos:

  • tudo dependerá de você e será preciso aprender a lidar com riscos;
  • ao mesmo tempo, não será possível fazer tudo sozinho;
  • necessidade de contar com mão de obra qualificada;
  • muitas burocracias e altos impostos;
  • as responsabilidades aumentarão, o que tende a gerar estresse. 

Experiência internacional

Com efeito, é bom colocar na balança e avaliar se de fato vale a pena empreender no Brasil. Para avançar nesse sentido, toda experiência conquistada é válida. Se você já teve alguma oportunidade de ir para fora do país, por exemplo, pôde adquirir alguns diferenciais que podem ser muito úteis para o momento de empreender.

Isso porque, quando você tem contato com pessoas e culturas diferentes, desenvolve grande capacidade de adaptação e desenvolvimento, o que é crucial para o perfil empreendedor. É como diz uma famosa frase atribuída a Albert Einstein: “A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original”.

E então, gostou das nossas ideias sobre empreendedorismo no Brasil? Você já tem um negócio, pensa em abrir uma empresa ou se sente mais à vontade trabalhando como funcionário? Independente da sua resposta, se você quer crescer, é super importante se manter atualizado. Por isso, assine nossa newsletter para receber conteúdos que realmente fazem a diferença para o seu crescimento. Até a próxima!

Fique por dentro das novidades