Como usar a otimização de custos para aumentar a lucratividade? - docg.

Como usar a otimização de custos para aumentar a lucratividade?

Menos despesas e mais vendas significam uma margem maior de lucro. É algo bem simples, mas, na prática, muitas pessoas acabam se esquecendo disso. Quanto mais bem-sucedido você for ao realizar a otimização de custos, melhor será a geração de renda do negócio.

Ao mesmo tempo, é preciso ter cuidado para não comprometer a qualidade de atuação, obtendo um equilíbrio entre a satisfação dos clientes, os gastos reduzidos e a lucratividade ampliada.

Continue a leitura e confira estratégias de otimização de custos para garantir uma margem de lucro maior!

Otimize a jornada de trabalho

Tempo é dinheiro e, por isso, ter uma atuação produtiva é fundamental se quiser diminuir as despesas e aumentar a lucratividade. Comece com a otimização da jornada de trabalho a partir de um bom planejamento.

Defina quais atividades devem ser realizadas em cada dia ou momento da semana. Na venda direta, pense em quais serão os períodos dedicados a captar novos clientes, fazer os pedidos e realizar as entregas, por exemplo.

Para que o tempo disponível seja bem aproveitado, é válido contar com uma lista de tarefas. Identifique tudo o que deve ser feito no dia, estabeleça quais são as prioridades e faça com que os esforços sejam concentrados da maneira correta.

Uma ferramenta que pode ser bastante útil nesse quesito é o Todoist, um aplicativo que ajuda na organização das tarefas e auxilia no planejamento das atividades diárias oferecendo seções de projetos e subtarefas, além de dar destaque ao que é prioridade, ajudar na delegação de funções e permitir a revisão do que já foi feito.

Para ajudar na definição das prioridades é interessante compartilhar a agenda com toda a equipe, definir prazos claros e, por vezes, estabelecer urgências, mesmo que elas não sejam reais, além de sempre pensar na empresa e nas suas metas. 

Tenha um bom planejamento financeiro

Se o objetivo é realizar a otimização de custos, é fundamental conferir uma atenção extra às finanças. O cuidado principal é quanto ao planejamento financeiro, que precisa ser sólido e contemplar questões importantes.

É o caso de conhecer todos os gastos fixos e variáveis da operação. Quem atua como consultor autônomo de vendas, por exemplo, deve identificar os gastos com deslocamentos, impostos e ações para chegar até os clientes. Tudo isso afeta a margem de lucro e deve ser considerado.

Por outro lado, é importante pensar na previsão de demanda bem como nas estimativas de ganhos. Desse jeito, fica fácil equilibrar os valores e compreender quais são as necessidades que não podem ficar em segundo plano.

A partir do planejamento financeiro, reconheça as principais fontes de desperdício e planeje como obter custos reduzidos. Uma boa perspectiva da situação facilita a tomada de decisão.

Uma sugestão de aplicativo para o gerenciamento de contas é o QuickBooks ZeroPaper. Ele é fácil de usar e apresenta bom custo-benefício.

Crie uma análise de fluxo de caixa

Para que as finanças se mantenham sempre em dia vale a pena investir na criação de um fluxo de caixa. Essa ferramenta é imprescindível para manter as despesas sob controle e realizar avaliações consistentes.

Com o registro de todas as entradas e saídas de dinheiro vai ser mais simples perceber os períodos em que é necessário ter um valor mais alto no caixa, por exemplo. Também é um meio de descobrir para onde os recursos vão, desde que tudo seja identificado e separado por categorias.

Para completar, o fluxo de caixa ajuda a ter uma visão mais clara da situação e a analisar o futuro. Por meio desse recurso podem ser feitos lançamentos de gastos fixos e de possíveis recebimentos. Ao analisá-lo, é possível entender melhor o que virá e se preparar para realizar a otimização de custos.

Aposte na fidelização dos clientes

Especificamente para quem trabalha com vendas de forma autônoma, uma das maiores despesas está ligada à necessidade de atrair e convencer novos clientes. O processo envolve, muitas vezes, a criação de um relacionamento baseado na confiança, o que contribui para que a compra se torne uma consequência natural.

Contudo, é viável diminuir as despesas ao apostar na fidelização, que consiste em manter os consumidores na base, de modo que eles façam novas compras. O principal efeito é a queda no custo de aquisição do cliente, além de ser menos complexo convencê-lo sobre a realização da compra.

Além disso, ter uma boa quantidade de fidelizados dá força à sua atuação e contribui para que você se destaque. Clientes satisfeitos com o produto e/ou serviço e com o atendimento fazem indicações para outras pessoas, acelerando e facilitando o processo de captação.

Nesse sentido, o aplicativo Donuz é um excelente software para identificar os clientes, definir estratégias para a estruturação de programas que gerem benefícios para eles e ainda medir a sua satisfação em relação à empresa.

Faça bons investimentos

Quem tem interesse em realizar a otimização de custos precisa compreender que os recursos financeiros devem ser usados de maneira adequada. Antes de tomar qualquer decisão é fundamental analisar os possíveis ganhos e optar por alternativas com bom custo-benefício.

Uma das melhores abordagens para quem deseja vender mais é investir nas redes sociais. Esses espaços trazem praticidade e economia, ao mesmo tempo em que oferecem a construção de relacionamento com os clientes. Assim, é possível vender sem precisar de um investimento alto.

O ideal é recorrer às redes sociais mais utilizadas pelo seu público-alvo e adotar uma abordagem profissional. Publique regularmente, adapte a linguagem e até pense em patrocinar posts, de forma a aumentar o alcance e fortalecer a sua atuação no ambiente digital.

Também é possível apostar em outros investimentos, como realização de eventos, visitas para demonstração ou parcerias com outras empresas. Todos os gastos envolvidos no processo devem ser anotados, de modo que os resultados provenientes dessa estratégia sejam analisados corretamente.

Use a tecnologia para ajudar

A tecnologia é algo muito importante, pois contribui para aumentar a produtividade. Quando utilizada adequadamente gera uma redução no tempo exigido para executar tarefas e diminui os custos ligados à função. Ou seja, graças a ela, é possível conseguir uma lucratividade maior.

É o caso de recorrer a aplicativos que ajudam a manter a organização do dia de trabalho. Aqueles que contam com listas de tarefa ou que permitem o agrupamento de ideias ajudam você a se planejar melhor em relação aos compromissos. Até mesmo uma agenda digital pode garantir o apoio necessário.

Também é interessante pensar em recursos que realizam registros financeiros com facilidade bem como aqueles que auxiliam o uso de redes sociais e a administração de contatos, entre outros itens.

Verifique como é a sua rotina e quais são as suas principais necessidades. Desse modo, é possível definir os elementos que fazem a diferença no que diz respeito a aumentar a lucratividade.

Seguindo essas dicas de otimização de custos que separamos para você, a geração de renda do seu empreendimento, com certeza, vai ser maior! 

Gostou do nosso post? Então aproveite e conheça 6 dicas de atendimento para ter maior eficiência na venda direta e melhorar sua atuação!

Fique por dentro das novidades