4 atividades para driblar a crise e ganhar dinheiro - docg.

4 atividades para driblar a crise e ganhar dinheiro

Quem não quer driblar a crise? Ainda estamos passando por um momento turbulento no que diz respeito à política e à economia. Quem não conhece alguém que foi demitido e está com dificuldade para se recolocar no mercado?

Quem está empregado sofre pressão dos empregadores e até da sociedade, que prega que é necessário “segurar o emprego”, não importa o quão desmotivado você esteja.

Essa junção de fatores cria um cenário com muitas pessoas em dificuldades para se recolocar no mercado de trabalho e outras que se mantêm em carreiras que não as fazem felizes. Entretanto, é preciso pensar que toda crise traz consigo também uma oportunidade.

Talvez ela seja o pretexto que faltava para colocar em prática sonhos antigos, que visam horários mais flexíveis e maior liberdade financeira.

Parece difícil? Se você deseja entender melhor a ideia, continue a leitura. Listamos abaixo algumas maneiras de driblar a crise.

1. Ser freelancer

Muitos profissionais não conseguem se recolocar no mercado de trabalho porque simplesmente não abrem mão de ter uma carteira assinada. Não estamos dizendo que o sistema CLT não traz benefícios, mas é preciso entender que ele não é o único meio de contratação.

Você pode se tornar um freelancer, desempenhando atividades para empresas ou pessoas físicas sem vínculo empregatício. Isso permite que você gerencie seus próprios horários e seu dinheiro. Só é preciso ter em mente que haverá momentos de maior e menor movimento.

2. Vender pela internet

Você já pensou em abrir uma loja virtual? Existem hoje plataformas pré-moldadas que permitem a criação dessas lojas de forma simples e prática. Você precisa de um capital para investir nos produtos e de uma boa divulgação por meio de blogs e mídias sociais.

Trata-se de uma opção para ganhar dinheiro em tempos de crise. Há pessoas que recorrem a essa saída e a conciliam com seu trabalho formal, até que haja condições de torná-la sua principal fonte de renda.

3. Fazer corridas

Uber, 99, Cabify… são vários os aplicativos de transporte e muita gente tem recorrido a eles como uma forma de renda extra ou um meio de se sustentar. Para quem gosta de dirigir, está aí uma boa opção.

Basta se cadastrar, ligar o aplicativo e sair trabalhando. O lado bom é que não existe jornada pré-definida. Você trabalha o quanto quiser e ganha proporcionalmente.

4. Ser consultor ou revendedor

Que tal se tornar um revendedor ou consultor de produtos que já são conhecidos no mercado? Assim, você tem a vantagem de trabalhar com itens que já têm um “nome” e, portanto, as chances de venda são bem maiores.

Outro ponto positivo da atividade é que você conta com um suporte contínuo da empresa que fornece os produtos. Sendo assim, basta oferecê-los a amigos, vizinhos ou até mesmo pelas suas redes sociais e colher os frutos a cada ciclo de venda.  

Viu só como existem diversos meios de driblar a crise? Se você gostou do post, baixe agora mesmo o nosso e-book e aprenda a driblar a crise com um plano B.

Fique por dentro das novidades